“Grande período da história de Cariacica se perde no vácuo das cogitações lendárias.” Omyr Leal Bezerra

sábado, 26 de maio de 2012

O Pássaro de Fogo

O Pássaro de Fogo é uma das figuras mais famosas do folclore cariaciquense, sua lenda lembra a origem de Rudá, o deus tupi do amor, que havia surgido para ser o mensageiro entre o sol e lua, assim como despertar o amor no coração das mulheres.

Segundo a lenda, onde hoje ficam as cidades de Cariacica e Serra, vivam duas tribos rivais. O chefe da tribo que habitava Cariacica teve uma filha lindíssima, esta princesa veio a se apaixonar por um valente guerreiro da tribo rival.

Dos céus, uma ave fantástica via o sofrimento do casal e seu amor proibido, decido a ajudar, o enorme pássaro levava princesa índia até o encontro de seu amado, mas mesmo com a ajuda sobrenatural, os jovens foram descobertos. O chefe da tribo irado pediu a um poderoso xamã que fizesse um feitiço para que os amantes jamais se encontrassem de novo, o velho curandeiro implorou aos deuses tal provisão e os deuses foram extremamente severos, eles prenderam os jovens amantes em prisões de pedra, transformando a princesa no Monte Moxuara e o guerreiro no Monte Mestre Álvaro, condenados a estar um de frente ao outro pela eternidade, mas sem se tocarem ou se falarem. Talvez por arrependimento das tribos ou dos deuses, os espíritos que habitam as florestas do Moxuara fizeram outro encanto. Uma vez por ano os jovens amantes se libertariam de sua prisão de pedra e o pássaro encantado lhes serviria por mensageiro, a ave fantástica se converteu em fogo e no dia 24 de junho é possível ver o pássaro de fogo rasgar os céus levando as eternas promessas de amor da princesa e do guerreiro.

3 comentários:

  1. me ajudou muito com o trabalho de portugues e a lenda e muito bonita <3

    ResponderExcluir
  2. me lembrou o filme o feitiço de aquila

    ResponderExcluir